Dalai-lama elogia proposta de diálogo

O dalai-lama saudou ontem a iniciativa do governo chinês, anunciada na véspera, de manter encontro com representantes do líder espiritual tibetano. "Caso as conversações sejam sérias, elas serão bem-vindas", disse o dalai-lama em Dharmsala, na Índia, onde vive exilado. O recuo chinês foi uma concessão à comunidade internacional após protestos nos países por onde passou a tocha olímpica.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.