Dalai-lama leva multidão ao Central Park

Centenas de milhares de pessoas lotaram hoje o Central Park, em Nova York, para ouvir o dalai-lama, líder espiritual do Tibete. O dalai-lama falou aos americanos sobre compaixão, felicidade e soluções pacíficas para conflitos externos e internos. Esta é a 15ª vez que ele visita os EUA. O líder espiritual, que já ganhou o Prêmio Nobel da Paz, tem reunido multidões em suas conferências pelo mundo. Nesta visita aos EUA, que termina na terça-feira, ele tem dado palestras para auditórios lotados, com todos os ingressos vendidos antecipadamente. A apresentação foi feita pelo ator Richard Gere. No sábado, Gere e a atriz Goldie Hawn doaram cerca de US$ 1 milhão para melhorar as condições de vida dos tibetanos exilados na pequena aldeia de McLeodganj, norte da Índia. Os atores visitaram a cidade, em outubro do ano passado, e ficaram preocupados com as péssimas condições das estradas e das redes de saneamento. McLeodganj abriga o dalai-lama e outros membros do governo desde 1960. Cerca de 10 mil tibetanos vivem exilados na região e 120 mil em toda a Índia. Em 1959, eles deixaram o Tibete após um fracassado levante contra o regime chinês. Uma fundação que leva o nome de Richard Gere ajudou a organizar a visita do dalai-lama. A entidade já fez várias contribuições para os exilados.

Agencia Estado,

21 Setembro 2003 | 18h35

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.