Dalai Lama participa de jejum tibetano pela paz

O líder espiritual tibetano, Dalai Lama, participou de um jejum de 12 horas pela paz no Tibete neste sábado apesar de estar hospitalizado no leste da Índia, informou o porta-voz Tenzin Takla. O Dalai Lama não pode estar presente na manifestação pela paz junto com milhares de pessoas, a maioria monges tibetanos, monjas e alunos de colégios que foram a um templo perto de sua casa em Dharamsala, sede do governo tibetano no exílio, para participar do jejum de 12 horas.Dali Lama, 73 anos, foi internado em um hospital em Mumbai para fazer exames devido a dores abdominais. A expectativa é de que ele deixe o hospital nos próximos dias. O líder tibetano cancelou duas viagens ao México e Republica Dominicana nesta semana, alegando cansaço, e foi internado na quinta-feira. Um comunicado de seu escritório divulgado ontem informou que os médicos disseram que "dão garantias que isso não é absolutamente uma razão de preocupação". As informações são da Associated Press.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.