Dalai-lama relata progresso em conversações com a China

As conversações entre o governo chinês e os representantes do governo tibetano no exílio estão avançando, disse o dalai-lama - líder espiritual do Tibete -, acrescentando que o principal avanço foi obter confiança entre os dois lados. Esta é segunda visita de representantes tibetanos à China desde que Pequim e o governo no exílio restabeleceram contato em setembro de 2002, após nove anos de congelamento. As relações entre as partes deterioraram após a China impor a lei marcial no Tibete, em 1989, e o diálogo oficial foi rompido em 1993.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.