Dalai-lama visita região budista da Rússia

O dalai-lama, sorrindo modestamente para seus admiradores, iniciou sua primeira visita aos budistas da Rússia, depois de Moscou ter permitido a entrada no país do líder espiritual tibetano. A Chancelaria russa afirmou ter finalmente concedido o visto ao dalai-lama, na expectativa de que ele limitasse sua visita a atividades pastorais.O dalai-lama foi recebido no aeroporto de Elista, na região de Kalmykia, sul da Rússia, onde residem cerca de 300.000 budistas. Em toda a Rússia, o número de seguidores de Buda chega a um milhão.O dalai-lama, que vive exilado na Índia, também lidera os tibetanos que resistem à administração chinesa da região. A Rússia, buscando não irritar a China, já rejeitou pedidos de visto para o dalai-lama pelo menos três vezes no passado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.