Dalai Lama visita zona devastada pelo terremoto na Nova Zelândia

Prêmio Nobel da Paz disse a jornalistas que moradores de Christchurch necessitam superar a tristeza dos últimos meses e 'trabalhar duro para reconstruir as casas e a cidade'

Efe,

07 de junho de 2011 | 04h57

SYDNEY - O Dalai Lama chegou nesta terça-feira, 7, à cidade neozelandesa de Christchurch para visitar a zona devastada pelo terremoto de 6,3 graus de magnitude na escala Ritcher de 22 de fevereiro que causou mais de 180 mortes.

 

O Prêmio Nobel da Paz de 1989 disse a jornalistas que os moradores de Christchurch necessitam superar a tristeza dos últimos meses e "trabalhar duro para reconstruir as casas e a cidade".

 

Cerca de 50 simpatizantes com bandeiras tradicionais tibetanas esperavam o líder espiritual no aeroporto, em meio a um forte esquema de segurança policial.

 

Seu representante Thuten Kesang manifestou que o Dalai Lama espera que "suas palavras de esperança" confortem o povo de Christchurch, ao referir-se ao ato público que será realizada nesta cidade amanhã, segundo a cadeia TV3 da televisão neozelandesa.

 

O 13º Dalai Lama, que visitou Christchurch em 1992 e 1996, permanecerá dois dias na Nova Zelândia e depois seguirá à Austrália.

Tudo o que sabemos sobre:
Nova Zelândia, terremoto, Dalai Lama

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.