Damasco acusa EUA de interferência em missão

A Síria qualificou ontem como uma "óbvia interferência" no trabalho da missão da Liga Árabe no país a acusação dos EUA de que Damasco não cumpre o acordo de acabar com a repressão aos protestos antigoverno. Já os ativistas sírios acusaram o governo de Bashar Assad de esconder a verdade dos monitores árabes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.