Daniel Ortega é diplomado presidente eleito da Nicarágua

O Conselho Supremo Eleitoral (CSE) entregou neste domingo ao líder sandinista Daniel Ortega seu diploma de presidente eleito da Nicarágua, informou uma fonte oficial.A diplomação de Ortega, de 61 anos, foi feita pelo presidente do CSE, Roberto Rivas, e aconteceu numa cerimônia em um hotel de Manágua com aproximadamente 500 convidados.Na mesma cerimônia também recebeu seu diploma de vice-presidente da república o liberal dissidente e ex-chefe negociador da ex-Resistência Nicaragüense, Jaime Morales Carazo.A diplomação autoriza os dois políticos a tomarem posse de seus cargos no dia 10 de janeiro, em cerimônia à qual foram convidadas duas mil pessoas.Para receber seus diplomas, tanto Ortega como Morales Carazo entregaram suas declarações de probidade, que inclui seus bens pessoais, à Controladoria Geral da República (CGR) esta semana.A posse de Ortega deverá ser assistida por 65 delegações, incluindo pelo menos 14 chefes de Estado e de Governo, segundo fontes oficiais.Ortega venceu as eleições de 5 de novembro com 38% dos votos, contra 28,3% do liberal dissidente Eduardo Montealegre, da Aliança Liberal Nicaragüense (ALN).O líder sandinista venceu o pleito graças a uma norma eleitoral que estabelece que um candidato pode ganhar no primeiro turno 40% dos votos, ou com 35% e uma vantagem de 5 pontos sobre o segundo lugar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.