Datanalisis: 51% apoiam reeleição ilimitada na Venezuela

Uma empresa independente de pesquisas informou ontem que o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, está conquistando mais apoio para o referendo de 15 de fevereiro que pode abolir os limites de mandatos e permitir que ele busque reeleições indefinidamente. O levantamento feito pela Datanalisis mostrou que 51,1% dos venezuelanos apoiam a emenda constitucional que propõe reeleição ilimitada, porcentual acima dos 37% apurados em dezembro.A pesquisa entrevistou 1.300 eleitores e tem uma margem de erro de 2,7 pontos porcentuais. "Não há uma diferença significativa entre os dois blocos que apoiam e se opõe à emenda", disse o diretor da Datanalisis, Luis Vicente Leon.Chávez tem feito intensa campanha pela mudança, dirigindo-se a seus correligionários por horas, quase que diariamente, na televisão estatal. Uma música de salsa que promove a emenda é tocada continuamente nas estações do metrô em Caracas. "A campanha parece estar funcionando", disse Leon."Para impedir a emenda, os opositores farão esforços para conquistar os votos dos 30% dos eleitores que não estão propensos a votar no referendo", disse Leon. A atual Constituição impede que Chávez, eleito pela primeira vez em 1998, de concorrer novamente quando seu mandato terminar em 2012.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.