David Cameron chega a Mianmar

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, chegou a Mianmar nesta sexta-feira para a primeira visita de um líder ocidental ao país nas últimas décadas, no momento em que potências mundiais consideram levantar as sanções contra o regime local.

ROBERTO CARLOS DOS SANTOS, Agência Estado

13 de abril de 2012 | 03h10

Cameron voou para a capital, Naypyidaw, onde foi marcado um encontro com o presidente reformista de Mianmar, Thein Sein. Em seguida, o premiê segue para Rangum, onde se reunirá com a líder da oposição Aung San Suu Kyi. Mianmar, antiga Birmânia, foi governada durante quase meio século por uma junta militar que exercia poder absoluto e sufocava quase toda a dissidência. Diante do quadro, Estados Unidos, União Europeia e outras nações impuseram sanções ao país.

A primeira eleição geral em 20 anos foi realizada em 2010. A instalação de um governo nominalmente civil, apoiado pelos militares, ocorreu em março de 2011. Uma série de reformas desde então - incluindo a libertação de centenas de presos políticos - levou à especulação de que as décadas de isolamento internacional poderiam estar chegando ao fim. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
David CameronMianmar

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.