De la Rúa diz que o presidente é ele e não Cavallo

O presidente argentino Fernando de la Rúa disse nesta sexta-feira que "quem governa sou eu", ao contestar que sua figura esteja sendo ofuscada pelo destacado desempenho de seu ministro da Economia, Domingo Cavallo. "Quem comanda o navio, quem governa sou eu", disse De la Rúa em declarações feitas pelo rádio em que abordou vários temas. O presidente qualificou como "inteiramente falsa" a idéia de que Cavallo tenha mais poder do que ele próprio porque "o presidente sou eu". Cavallo mantém um alto perfil desde que assumiu a pasta da Economia em 20 de março último, tendo adotado diversas e profundas medidas que despertaram polêmicas em todo o país, sacudido por uma grave crise socioeconômica. Alguns analistas consideram que a imagem do presidente ficou ofuscada desde que Cavallo se tornou ministro de seu governo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.