Decisão sobre asilo de Assange deve sair nesta semana

O presidente do Equador, Rafael Correa, disse que espera anunciar nesta semana a decisão sobre se vai ou não conceder asilo ao fundador e editor-chefe do WikiLeaks, Julian Assange.

AE, Agência Estado

14 de agosto de 2012 | 10h13

Correa disse à televisão estatal ECTV que é necessário examinar uma grande quantidade de material jurídico internacional para tomar uma decisão responsável. Correa disse esperar receber os últimos relatórios até quarta-feira.

Assange refugiou-se na embaixada do Equador em Londres em 19 de junho para evitar sua extradição para a Suécia, onde é procurado para testemunhar por supostos crimes sexuais.

O Equador teme que Assange esteja em risco de ser extraditado para os Estados Unidos e sentenciado à pena de morte por ter vazado documentos secretos dos governo norte-americano.

Segundo Correa, a mera possibilidade de Assange ser condenado à morte em território norte-americano pode ser uma razão suficiente para seu governo conceder asilo a ele. Os partidários de Assange acreditam que ele foi secretamente indiciado nos Estados Unidos.

A mãe de Assange e o ex-juiz espanhol Baltasar Garzón estiveram recentemente no Equador para pedir que o país conceda asilo a Assange. As informações são da Associated Press e da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EquadorWikiLeaksAssange

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.