Declaração de Evo sobre ''recuperar'' a região do Atacama foi brincadeira, diz porta-voz

O porta-voz do governo boliviano, Iván Canelas, afirmou ontem que o comentário do presidente Evo Morales sobre o Atacama foi "uma brincadeira". No sábado, Evo disse que a região chilena "antes era da Bolívia" e esperava "recuperá-la logo".

, O Estado de S.Paulo

24 de janeiro de 2011 | 00h00

O comentário foi feito durante uma comparação das reservas de lítio da Bolívia, estimadas em 100 milhões de toneladas, e as do Atacama, de 30 milhões.

Ainda ontem, os ministros bolivianos apresentaram um pedido de demissão coletiva a Evo, mas o presidente confirmou a permanência de 17 ministros. Trocou apenas três, entre eles o de Hidrocarbonetos e Energia e do Meio Ambiente e Água.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.