Declaração de Hillary irrita Caracas

A chancelaria da Venezuela criticou ontem a secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, por suas declarações à rede de TV venezuelana Globovisión, de oposição ao presidente Hugo Chávez. Na terça-feira, Hillary disse esperar que haja um reconhecimento em Caracas de que "é possível exercer liderança sem acumular muito poder e silenciar os críticos". "No momento em que fazemos esforços para melhorar nossas relações com os EUA, ela repete a velha tática de dar receitas e de espalhar conceitos negativos sobre nossa democracia", disse o comunicado divulgado pela chancelaria venezuelana. "Essas insinuações refletem um desconhecimento profundo de nossa realidade."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.