Decolagens são suspensas em aeroporto israelense

Israel suspendeu as decolagens de vôos estrangeiros de seu principal aeroporto, Ben Gurion, depois que um avião russo que saiu de Tel Aviv em direção à Sibéria explodiu em vôo e caiu na costa do Mar Negro. O ministro dos Transportes de Israel, Ephraim Sneh, disse à agência Associated Press que alguns dos pelo menos 77 das pessoas a bordo eram cidadãos israelenses. Oficiais do aeroporto Internacional Ben Gurion, perto de Tel Aviv, não liberaram a lista de passageiros. Sneh disse que não há evidências claras ainda de que a queda do avião seja resultado de um ataque terrorista. O ministro não disse por quanto tempo o aeroporto estará interditado para as decolagens.

Agencia Estado,

04 Outubro 2001 | 10h52

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.