Decreto de Arafat garante eleições palestinas em janeiro

O presidente palestino Yasser Arafat anunciou nesta quarta-feira um decreto que garante eleições ao Conselho Legislativo Palestino (CLP) e à presidência no próximo dia 20 de janeiro. Com essa medida, Arafat transforma seu gabinete em um governo provisório e evita assim uma possível censura dos parlamentares contra um novo gabinete, que estava sendo discutido na CLP.O CLP, que há três dias está reunido em Ramallah, deveria votar nesta quarta-feira um novo gabinete de governo formado em junho deste ano, mas vários deputados ameaçavam votar contra. Segundo a legislação palestina, o parlamento precisa ser dissolvido 90 dias antes das eleições. As últimas eleições na palestina aconteceram em 1996.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.