Defesa russa terá novo míssil entre 2002 e 2003

Os primeiros modelos do mais recente míssil russo de defesa aérea, o S-400 Triumph, deverão entrar em operação no fim deste ano ou no início de 2003, informou uma agência de notícias local. A agência de notícias Interfax-Militar publicou que testes com os mísseis deverão ser realizados num futuro bem próximo, de acordo com uma fonte não identificada das forças de defesa aérea. O oficial não disse quantos mísseis seriam desenvolvidos, nem revelou se eles seriam estacionários. O chefe da Força Aérea da Rússia, coronel-general Anatoly Kornukov, dissera inicialmente que os primeiros exemplares do S-400 entrariam em atividade até o fim de 2001. Porém, segundo ele, o desenvolvimento do míssil levou mais tempo do que o previsto, devido à falta de recursos ocorrida em alguns momentos e a problemas técnicos com uma unidade de controle. Os detalhes sobre o novo míssil são poucos, mas observadores militares russos disseram que o armamento seria capaz de atingir alvos a mais de 400 quilômetros de distância, e poderia acertar até mesmo aviões normalmente invisíveis aos radares. O míssil S-300, antecessor do S-400, tem alcance de 200 quilômetros.

Agencia Estado,

15 Janeiro 2002 | 16h15

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.