AP Photo/Jason Minto
AP Photo/Jason Minto

Delaware elege a primeira senadora transgênero dos Estados Unidos

A democrata Sarah McBride derrotou o republicano Steve Washington e ganhou a cadeira que estava vaga desde a aposentadoria de Harris McDowell

Redação, O Estado de S.Paulo

04 de novembro de 2020 | 00h45

DOVER - A democrata Sarah McBride venceu uma disputa pelo Senado norte-americano nesta terça-feira, 3, no estado de Delaware. Quando for empossada, se tornará a primeira senadora abertamente transgênero do país.

McBride derrotou o republicano Steve Washington e ganhou a cadeira que estava vaga desde a aposentadoria de Harris McDowell, o legislador mais antigo da história de Delaware.

Ela venceu em um distrito fortemente democrata que se estende do norte de Wilmington até a fronteira com a Pensilvânia. Sarah se junta a vários outros legisladores transgêneros em todo o país, mas será a primeira transgênero a ocupar uma posição no Senado.

"Acho que os resultados desta noite demonstram o que eu sei em toda a minha vida: os residentes deste distrito são justos e estão olhando para as ideias dos candidatos e não suas identidades", disse McBride na terça-feira à noite. "É minha esperança que um jovem LGBTQ aqui em Delaware ou realmente em qualquer lugar neste país possa olhar os resultados e saber que nossa democracia é grande o suficiente para eles também".

McBride estagiou na Casa Branca sob o ex-presidente Barack Obama e fez história na Convenção Nacional Democrata de 2016 como a primeira pessoa abertamente transgênero a falar em uma grande convenção partidária.

Ela sucede o colega democrata Harris McDowell, que ocupou a cadeira no Senado desde 1976 e endossou a candidatura de McBride.

A campanha de McBride gerou interesse e angariou fundos em todo o país, gerando mais de 270 mil dólares em doações no início de outubro.

Ex-presidente do corpo estudantil da American University, McBride começou na política como voluntária de Matt Denn, ex-advogado do governador de Delaware, durante sua campanha bem-sucedida de 2004 para comissário de seguros. Denn, que mais tarde serviu como vice-governador e procurador-geral, trabalhou com o pai de McBride em um escritório de advocacia de Wilmington conhecido por seus laços estreitos com o estabelecimento do Partido Democrata.

Mais tarde, ela trabalhou nas campanhas do ex-governador Jack Markell e do ex-procurador-geral Beau Biden.

McBride é uma das várias integrantes da comunidade LGBTQ eleitos para a legislatura estadual. A assistente social e recém-chegada política Marie Pinkney também foi eleita para o Senado estadual depois de destituir o presidente provisório do Senado, que foi eleito pela primeira vez para a Assembleia Geral em 1978, nas primárias democratas de setembro. Pinkney se identifica como queer e é a primeira mulher abertamente queer eleita para a legislatura. Da mesma forma, o democrata Erc Morrison se tornou o primeiro homossexual assumido eleito para a Assembleia Geral na terça-feira, depois de derrotar um membro titular da Câmara nas primárias de setembro./AP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.