Delegação norte-coreana chega a Pequim

A delegação norte-coreana para as conversas de seis lados sobre a crise nuclear, chefiada pelo vice-ministro de Relações Exteriores, Kim Kye-gwan, chegou neste sábado a Pequim, informou a agência estatal chinesa Xinhua.Este fim de semana também devem chegar as delegações americana, russa, sul-coreana e japonesa. Na segunda-feira começarão as negociações, após mais de um ano de interrupção do diálogo."A China quer, tanto quanto os Estados Unidos, avançar. Mas isso requer esforços de todas as partes. É um conflito prolongado, que requer paciência para ser resolvido", disse na quinta-feira o porta-voz da Chancelaria chinesa, Qin Gang.Qin também detalhou esta semana que as reuniões serão na Residência de Hóspedes de Estado, e incluirão "encontros bilaterais e multilaterais, consultas e profundas trocas de idéias".A base das conversas será o princípio de acordo de 19 de setembro de 2005, pelo qual Pyongyang se comprometia a deter seu programa nuclear em troca de ajudas econômicas e promessas de que sua soberania seria respeitada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.