Democrata anuncia candidatura à Presidência dos EUA

o ex-senador democrata pela Carolina do Norte John Edwards, que concorreu à vice-presidência dos Estados Unidos nas eleições de 2004, anunciou nesta quinta-feira em Nova Orleans sua intenção de candidatar-se pelo Partido Democrata nas presidenciais de 2008. Vestindo calça jeans e camisa, Edwards escolheu a casa de uma das vítimas do furacão Katrina, em Nova Orleans, para fazer seu anúncio oficial."Queremos que as pessoas nesta campanha passem à ação agora, não mais tarde, não depois das próximas eleições", disse o ex-senador. "Em vez de ficar em casa reclamando, pedimos aos americanos que ajudem", disse Edwards, acrescentando que a maioria das coisas boas que aconteceu em Nova Orleans só foi possível graças à colaboração de ONGs e voluntários.Embora o anúncio oficial tenha sido em Nova Orleans, Edwards já tinha revelado suas intenções na manhã desta quinta-feira em vários programas de televisão. Durante sua aparição na rede ABC, Edwards insistiu na importância de solucionar a questão do Iraque. "Seria um enorme erro aumentar as tropas no Iraque", disse no programa Good Morning America, afirmando que essa decisão transmite um sinal "equivocado"."Podemos otimizar nossas possibilidades de êxito ao deixar claroque vamos deixar o Iraque e não que estaremos ali para sempre", afirmou o ex-senador. O próximo presidente deverá restabelecer a liderança americana no mundo, disse."É absolutamente crucial que os EUA restabeleçam sua autoridade moral e liderança no mundo", disse em entrevista à CBS. Os planos de Edwards começaram a ser anunciados nesta quarta-feira, depois que os diretores da sua campanha lançaram a informação acidentalmente no site do senador um dia antes do previsto.O site foi retirado do ar pouco após o lançamento. O slogan do site "John Edwards 08" é "Amanhã começa hoje". A decisão de Edwards aconteceu depois que Joseph Biden, senador democrata por Delaware e uma das principais vozes do seu partido em política externa, anunciou nesta terça-feira sua intenção de concorrer às eleições presidenciais de 2008.CotadosA senadora por Nova York Hillary Clinton e o senador por Illinois Barack Obama - que ainda não se pronunciaram - lideram a lista de favoritos para a candidatura presidencial democrata, que será decidida no início de 2008. O mandato de Bush acaba em janeiro de 2009, e a Constituição americana o impede de concorrer a uma terceira reeleição.Além de Biden, outros dois democratas também anunciaram sua intenção de apresentar-se às presidenciais de 2008: o governador de Iowa, Tom Vilsack, e o legislador por Ohio Dennis Kucinich, que foi candidato em 2004, mas não conseguiu se eleger.No Partido Republicano, o senador John McCain e o ex-prefeito de Nova York Rudolph Giuliani já criaram "comitês exploratórios", o primeiro passo para a candidatura.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.