Democrata apresenta moção de censura ao presidente Bush

A legisladora democrata Cynthia McKinney, em fim de mandato, apresentou nesta sexta-feira à Câmara de Representantes dos Estados Unidos um projeto para censurar politicamente o presidente George W. Bush.No último dia das sessões regulares do Congresso, a legisladora acusou Bush, em seu projeto, de enganar o Poder Legislativo para obter a aprovação da Guerra do Iraque, além de violar as leis de privacidade com seu programa de escutas telefônicas sem autorização judicial.Fontes legislativas disseram que o projeto não tem nenhuma possibilidade de ser aprovado. Ele foi recebido como uma última manifestação de oposição da legisladora tanto a Bush quanto aos líderes democratas.A democrata Nancy Pelosi, que presidirá a Câmara a partir de 1 de janeiro, disse que não aceitará nenhum projeto desse tipo.Em discurso pronunciado na segunda-feira, na Universidade George Washington, McKinney acusou os líderes de seu partido de serem cúmplices dos republicanos na Guerra do Iraque e dos maus tratos militares aos prisioneiros iraquianos.A representante democrata pelo estado da Geórgia tentou a reeleição mas foi derrotada em novembro.McKinney chamou a atenção ao agredir um policial do Congresso que tentou impedir o seu acesso a um escritório em março. Ela afirma repetidamente que Bush não foi eleito legitimamente em 2000.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.