Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Democrata questiona progresso da guerra de Bush

O líder democrata do Senado dos Estados Unidos, Tom Daschle, disse que o fracasso das autoridades norte-americanas em capturar Osama bin Laden gera interrogação sobre "se estamos ou não ganhando a guerra contra o terrorismo".As declarações de Daschle foram feitas em um momento no qual analistas dos serviços secretos chegavam à conclusão de que, quase com toda a certeza, uma fita gravada continha a voz de Bin Laden, o que provaria que ele ainda está vivo."Não conseguimos encontrar Bin Laden. Não fizemos nenhum progresso real" nas buscas pelos principais elementos da rede extremista Al-Qaeda, denunciou o líder parlamentar democrata. "Eles continuam sendo um risco tão grande na atualidade como eram há um ano e meio. Com isto, de que forma podemos afirmar que tivemos êxito até agora?"Ontem, ao ser questionado sobre se Bin Laden já deveria ou não ter sido capturado pelas forças norte-americanas, o presidente dos EUA, George W. Bush, respondeu, irritado: "Estamos progredindo bastante na guerra contra o terrorismo. Lentamente, mas com segurança, estamos desmantelando a organização terrorista."Daschle, por sua vez, acredita que as autoridades deveriam fazer mais para detectar de onde partiu a mensagem de Bin Laden. "Parece que ele tem a habilidade para deslocar-se à vontade", comentou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.