AP Photo/J. Scott Applewhite
AP Photo/J. Scott Applewhite

Democrata veta ida de Trump ao Congresso

Nancy Pelosi diz que a Câmara não aprovará discurso sobre o Estado da União até que o governo esteja funcionando

Redação, O Estado de S.Paulo

23 de janeiro de 2019 | 21h43

WASHINGTON - Em uma atitude incomum, a presidente da Câmara dos Deputados dos EUA, a democrata Nancy Pelosi, vetou nesta quarta-feira o tradicional discurso sobre o “Estado da União”, que o presidente Donald Trump faria na terça-feira em sessão conjunta no Congresso. 

“Escrevo para informar que a Câmara dos Deputados não votará nenhuma resolução para autorizar o discurso sobre o Estado da União até que o governo esteja funcionando”, disse Pelosi em carta enviada à Casa Branca – a democrata se refere à paralisação de cerca de 25% do governo federal, que nesta quarta-feira chegou a 33 dias.

Cerca de 800 mil funcionários públicos deixaram de receber salários em dezembro, porque democratas e republicanos foram incapazes de aprovar um orçamento que Trump quisesse assinar. O presidente não abre mão de obter US$ 5,7 bilhões para a construção de um muro na fronteira com o México, uma de suas promessas de campanha. A oposição rejeita a obra. 

Nos últimos dias, as desavenças entre democratas e republicanos parecem ter se tornado uma briga pessoal entre Trump e Pelosi. A democrata havia sugerido adiar o discurso, alegando questão de segurança em razão da paralisação federal. Aliados do presidente criticaram o pedido, dizendo que o objetivo de Pelosi era privar o presidente de uma plataforma política. 

Nesta quarta-feira, após o cancelamento, Trump criticou Pelosi. “Ela não quer ouvir a verdade”, afirmou o presidente. “Infelizmente, é uma marca negativa para nossa democracia.” Trump disse ainda que pretende realizar um “evento alternativo”, mas não deu detalhes sobre o assunto. / REUTERS e AP

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.