Democratas elegem lideranças para o Senado

Democratas do Senado decidiram na terça-feira manter seus principais líderes no lugar quando assumirem o controle da Câmara em janeiro, elegendo Harry Reid como o novo líder da maioria do Senado. Reid disse à Associated Press (AP), que uma grande prioridade será conseguir um novo secretário de Defesa para substituir Donald H. Rumsfeld. Reid disse esperar que o indicado pelo presidente George W. Bush, o ex-diretor da CIA Robert Gates, seja confirmado até o fim do ano - antes de os democratas assumirem controle do Congresso. "Espero que possamos avançar rapidamente", disse Reid após o Partido Democrata ter se reunido para eleger seu líder. "Quanto mais cedo nos movermos, mais cedo nos livraremos de Rumsfeld", disse ele. Reid venceu uma eleição sem oponentes para a liderança da maioria na Casa. Como líder da maioria, ele moldará a pauta do Senado. O senador Richard Durbin será o vice de Reid na liderança. O senador Charles Schumer continuará a servir como presidente do comitê de levantamento de verbas para campanhas, e também assumirá o título de vice-presidente da convenção do Partido Democrata. Como tal, disse Reid, Schumer vai trabalhar de acordo com as exigências das questões políticas. Democratas na Câmara do Representantes enfrentam uma escolha difícil para escolher sua liderança nesta terça-feira, agora que a iminente líder Nancy Pelosi rejeitou sua atual posição a favor do colega e ex-veterano do Vietnã, John Murtha.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.