Nicholas Kamm / AFP
Nicholas Kamm / AFP

Democratas exigem acesso às seis últimas declarações de renda de Trump

Presidente diz que não está disposto a entregá-las, o que pode provocar uma batalha legal

Redação, O Estado de S.Paulo

03 de abril de 2019 | 23h32

WASHINGTON - Os democratas solicitaram nesta quarta-feira ao Tesouro dos Estados Unidos a entrega das últimas seis declarações de renda do presidente republicano, Donald Trump, que "não está disposto" a entregá-las no momento, o que pode provocar uma batalha legal com a Casa Branca.

Trump é o primeiro presidente americano desde Richard Nixon que se nega a revelar sua situação fiscal. 

Com maioria na Câmara de Representantes, os democratas têm agora a autoridade para exigir estes documentos, e jamais um pedido deste tipo apresentado pela comissão encarregada da arrecadação foi negado.

Em carta com data desta quarta-feira, os democratas pedem ao departamento do Tesouro que entregue, antes do dia 10, as declarações de renda de Trump e a prestação de conta de sua campanha.

Os democratas querem examinar "até que ponto o fisco (IRS) controla e aplica as leis federais e fiscais com o presidente", para possíveis propostas de alterações legislativas.

Trump reagiu dizendo aos jornalistas na Casa Branca que "está sob uma auditoria" dos democratas. Ele prometeu recorrer à Suprema Corte.

Desde janeiro, os democratas têm multiplicado as investigações parlamentarias contra Trump, mas até o momento as lideranças do partido descartam um processo de "impeachment". / AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.