Democratas vencem em 36 dos 50 Estados americanos

Os democratas obtiveram nesta terça-feira, nas eleições em 36 dos 50 Estados americanos, maioria nos governos estaduais pela primeira vez em 12 anos, o que os coloca em situação favorável para a corrida à Casa Branca em 2008. Uma seqüência de vitórias em Massachusetts, Ohio, Nova York, Arkansas, Colorado e Maryland significa que os democratas controlarão pelo menos 28 dos 50 Estados. Eles também recuperaram cadeiras que tinham sido perdidas aos republicanos em Iowa, Michigan, Oregon e Wisconsin. Também o número de governadoras será recorde: nove. Em Massachusetts, o democrata Deval Patrick será o primeiro negro a governar o Estado. Em Ohio, o deputado democrata Ted Strickland venceu facilmente o candidato republicano Ken Blackwell. Nova York, como esperado, escolheu o democrata Eliot Spitzer. Massachusetts e Ohio não elegiam um democrata desde 1986. O ultimo democrata a governar Nova York foi em 1990. Em Colorado, que elegeu republicanos para presidente nas últimas três eleições, o democrata Bill Ritter derrotou o deputado republicano Bob Beauprez. Arkansas escolheu o democrata Mike Beebe em vez do republicano Asa Hutchinson; será a primeira vez desde 1992 que um republicano não governará o Estado. Em Nevada, o deputado republicano venceu o senador democrata Dina Titus. Em Minnesota, a disputa está acirrada entre o governador republicano Tim Pawlenty e o democrata Mike Hatch. A contagem dos votos prossegue nesta quarta-feira. Em Maryland, o prefeito de Baltimore, o democrata Martin O´Malley, vai ocupar o lugar o atual governador, o republicano Robert Ehrlich. A governadora democrata de Michigan, Jennifer Granholm, derrotou o milionário Dick DeVos, que gastou mais de US$ 35 milhões do próprio bolso em sua campanha. Em Wisconsin, o governador Jim Doyle continuará no cargo após derrotar o deputado republicano Mark Green. Em Oregon, o democrata Ted Kulongoski também venceu. O governador do Novo México, o democrata Bill Richardson, obteve a reeleição. Os republicanos continuaram fortes em alguns dos maiores Estados norte-americanos. Eles tiveram boas notícias na Flórida, onde Charlie derrotou o deputado democrata Jim Davis. A Califórnia reconduziu o governador Arnold Schwarzenegger, que obteve uma reeleição fácil sobre o democrata Phil Angelides. Também foi reeleito o governador do Texas, Rick Perry, vencendo o músico e escritor Kinky Friedman. Na Pennsylvania, o ex-jogador profissional de futebol Lynn Swann perdeu para o governador democrata Ed Rendell. Illinois reelegeu o governador democrata Rod Blagojevich. Em Iowa, o democrata Chet Culver, secretário de Estado, assume a cadeira até então ocupada pelo governador Tom Vilsack, que está pensando em concorrer à presidência. Os republicanos mantêm também o Alasca, onde Sarah Palin, venceu o ex-governador democrata Tony Knowles. Em Idaho, o republicano C.L. "Butch" Otter derrotou o democrata Jerry Brady, um ex-editor de jornais. Em outros dez Estados, a apuração ainda não terminou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.