Michael Reynolds/EPA/EFE
Michael Reynolds/EPA/EFE

Departamento de Justiça pede investigação sobre ex-subdiretor do FBI

Andrew McCabe, demitido no mês passado, poderá ser acusado de mentir a agentes federais sobre seu suposto papel no vazamento de informações sobre investigação da Clinton Foundation

O Estado de S.Paulo

20 Abril 2018 | 04h33

WASHINGTON – O Departamento de Justiça dos Estados Unidos enviou nesta quinta-feira, 19, uma solicitação aos procuradores federais de Washington para investigar as ações do ex-subdiretor do FBI, Andrew McCabe, demitido no mês passado. 

O pedido do Departamento de Justiça não garante que McCabe será formalmente acusado, mas levanta a possibilidade do ex-agente federal ser investigado por mentir sobre seu papel no vazamento de informações sobre inquérito envolvendo doações da Clinton Foundation, de Hillary Clinton.

 

O advogado de McCabe, Michael Bromwich, acredita que, apesar do pedido do Departamento de Justiça, o ex-subdiretor não será acusado por nenhum crime. “Nós estamos confiantes que, exceto se houver pressões de membros do alto escalão da administração, o Procurador-Geral não irão prestar denúncias”, afirmou.

+ Subdiretor do FBI é demitido pelo procurador-geral dos EUA

Em março, o Procurador-Geral dos Estados Unidos, Jeff Sessions, demitiu McCabe sob recomendação do Gabinete de Responsabilidade Profissional do FBI. Segundo os agentes, o então subdiretor foi desonesto com vários investigadores, incluindo o então diretor James Comey, sobre seu papel no vazamento de informações ao The Wall Street Journal sobre a investigação das doações envolvendo a Clinton Foundation.

+ Após críticas de Trump, número dois do FBI renuncia ao cargo

Nos Estados Unidos, mentir a um investigador federal é considerado crime passível de até cinco anos de prisão.

McCabe nega ter mentido aos agentes federais. Segundo ele, como subdiretor do FBI, ele tinha autoridade para compartilhar informações com a imprensa e permitir que seus subordinados façam o mesmo com o objetivo de corrigir uma informação falsa que envolva as investigações federais. //ASSOCIATED PRESS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.