Departamento de Segurança Interna não é seguro

Linha Fina: Órgão responsável pela segurança do território americano sofre com problemas em sua própria sede O ministério responsável pela segurança interna dos Estados Unidos tem dificuldade para proteger sua própria sede, denunciaram nesta segunda-feira agentes de segurança que trabalham ou trabalharam na instalação. Os agentes de segurança, todos ligados a companhias privadas, encaminharam suas preocupações ao Congresso dos EUA. Segundo eles, o treinamento dos funcionários do Departamento de Segurança Interna dos EUA é inadequado, há falhas nos procedimentos de seguranças e a reação a ameaças de bomba ou de armas biológicas é lenta. Um dos exemplos citados foi o caso de um envelope com pó suspeito enviado à sede do ministério no fim do ano passado. Os guardas disseram ter observado assombrados enquanto seus chefes levavam o envelope ao gabinete do secretário Michael Chertoff e o sacudiam em frente à janela sem esvaziar o recinto. Apesar de o pó, mais tarde, ter-se provado inofensivo, "é um grande exemplo" dos problemas de segurança enfrentado pela agência, disse Derrick Daniels, um dos primeiros agentes de segurança a falar sobre o episódio durante entrevista à Associated Press.

Agencia Estado,

06 Março 2006 | 19h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.