Depois de escândalo, políticos britânicos devolvem verba extra

Ministros e parlamentares pedem desculpa ao eleitorado por mau uso de dinheiro público

AP E REUTERS, O Estadao de S.Paulo

14 de maio de 2009 | 00h00

Políticos britânicos acusados de ter abusado dos cofres públicos prometeram ontem pagar o que devem ao governo em uma tentativa de reduzir a fúria da população após o escândalo revelado pela imprensa local. A decisão foi tomada após o líder conservador, David Cameron, pedir na terça-feira aos integrantes de seu partido que devolvessem todo o dinheiro utilizado para cobrir despesas desnecessárias. A atitude de Cameron foi elogiada por especialistas e ampliou a pressão sobre o premiê Gordon Brown.O ministro da Saúde, Phil Hope, anunciou que devolverá pouco mais de US$ 63 mil gastos com a compra de mobília de sua segunda casa. "A irritação pública de meus eleitores e os danos causados à minha imagem e integridade foram um grande golpe", afirmou Hope. Ele justificou sua decisão como uma maneira de tentar recuperar a confiança do eleitorado. Hazel Blears, outra ministra, também prometeu repor milhares de dólares em impostos depois que ela foi criticada por não pagar as taxas da venda de um imóvel.O escândalo dos gastos feitos com o dinheiro do contribuinte foi revelado pelo jornal The Daily Telegraph, que publicou detalhes sobre as despesas de parlamentares registradas desde 2004. Entre as denúncias estão a de que parlamentares usaram o auxílio-moradia para reformar a própria casa e pagar prestações de imóveis.Membros do Parlamento britânico ganham, por ano, US$ 92.795. Nos últimos 12 meses, eles tiveram direito a um auxílio adicional de US$ 200 mil para cobrir gastos de gabinete - incluindo os salários de assessores - e despesas de moradia. Nos EUA, membros da Câmara dos Representantes recebem US$ 174 mil por ano, além de benefícios calculados em US$ 1,4 milhão para pagar as contas de seus escritórios.No Brasil, o salário anual dos deputados federais é de pouco mais de R$ 200 mil (cerca de US$ 95 mil). Mas, para gastos adicionais, os brasileiros dispõem de uma verba de cerca de R$ 1 milhão (US$ 480 mil), além do dinheiro extra para passagens aéreas.MORDOMIASGrã-Bretanha - Salário anual dos parlamentares é de US$ 92.795. O auxílio adicional, por ano, é de US$ 200 mil - utilizados para cobrir gastos de gabinete e despesas de moradiaEUA - Membros da Câmara dos Representantes recebem US$ 174 mil por ano, além de benefícios estimados em US$ 1,4 milhãoBrasil - Deputados federais recebem, por ano, cerca de US$ 95 mil. Para gastos adicionais, a verba é de US$ 480 mil, além do dinheiro extra para passagens

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.