REUTERS/Paul Hackett
REUTERS/Paul Hackett

Depois de quatro anos, British Airways volta a fazer voos diretos de Londres a Teerã

Companhia encerrou os voos semanais do Reino Unido ao Irã em outubro de 2012 em razão da suspensão das atividades diplomáticas entre ambos os países

O Estado de S.Paulo

01 de setembro de 2016 | 14h20

LONDRES - A companhia aérea britânica British Airways informou nesta quinta-feira, 1º, que retomará seus voos diretos de Londres a Teerã após suspendê-los há quatro anos em razão das difíceis relações entre o Reino Unido e o Irã.

Um Boeing 777 da empresa decolará nesta noite do Aeroporto de Heathrow, em Londres, tendo Teerã como destino, segundo informações da companhia aérea britânica. A British Airways vai operar seis voos semanais para a capital iraniana.

Esta será a primeira vez que a companhia aérea voa para o Irã desde 2012, quando a rota deixou de ser rentável depois que autoridades britânicas decidiram fechar sua embaixada em Teerã. Contudo, a situação mudou após a retirada neste ano de algumas sanções e a reabertura da embaixada britânica em Teerã em 2015.

A British Airways, que iniciou seus voos para o Irã em 1946, havia encerrado seus três voos semanais ao país em outubro de 2012. As atividades diplomáticas foram suspensas depois que a embaixada foi atacada por manifestantes em razão das sanções impostas aos iranianos em relação ao seu programa nuclear.

No entanto, o edifício foi reaberto para marcar o acordo em 2015 entre Irã e as grandes potências - Estados Unidos, Reino Unido, França, Rússia, China e Alemanha -, visando solucionar o conflito nuclear. / EFE

Tudo o que sabemos sobre:
IrãReino UnidoBritish Airways

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.