Depois do furacão, prefeito de New Orleans se reelege

O prefeito de New Orleans, Ray Nagin, dono de um estilo desbocado que recebeu tanto elogios quanto críticas após a devastação da cidade pelo furacão Katrina, venceu a disputa pela reeleição, numa votação apertada, disputada com o vice-governador Mitch Landrieu. Nagin agora terá de supervisionar um dos maiores projetos de reconstrução urbana da história dos Estados Unidos."Estamos prontos para decolar. Temos cidadãos espalhados pelo país que querem voltar à cidade de New Orleans, e vamos trazê-los todos de volta", disse Nagin, em seu alegre discurso de vitória, que assumiu o tom de um sermão. "É hora de parar de picuinhas", disse ele. "É hora de pararmos de medir as coisas em branco e preto e amarelo e asiático. É hora de sermos uma única New Orleans".Nagin venceu com 52,3% dos votos, e Landrieu recebeu 47,7%. A diferença foi de cerca de 5.000 votos. A votação foi polarizada em termos de linhas étnicas, mas Nagin conseguiu votos suficientes em distritos de maioria branca para ganhar a vantagem. Ele também foi favorecido pelos votos enviados por cidadãos refugiados em outras partes dos EUA.Seu segundo mandato começará exatamente um dia antes do início da temporada de furacões de 2006, previsto para 1º de junho. As ruas da cidade ainda estão repletas de carros enferrujados, e bairros inteiros de New Orleans são compsotos de casas que não passam de cascas vazias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.