Depois dos protestos, Arafat recua e tira parente de cargo

O presidente da Autoridade Palestina, Yasser Arafat, recuou e substituiu seu primo do cargo de chefe de segurança palestino e reconduziu de volta ao posto o titular, depois de amplos protestos nos territórios palestinos, informou um membro do governo. Antes do recuo de Arafat, o primeiro-ministro palestino, Ahmed Korei, manteve sua carta de renúncia e exortou Arafat a "apontar o homem certo para o posto certo" na segurança. Em pronunciamento depois de uma reunião de Gabinete, Korei disse que a discussão com Arafat sobre sua renúncia continuava sem solução. "Eu não recebi uma resposta por escrito", disse Korei, indicando que ele não aceitou a rejeição verbal de Arafat à sua renúncia como uma resposta final. Korei disse que quer renunciar por causa "do estado de caos e perda de controle sobre a situação de segurança na Faixa de Gaza?, que, segundo o premier, estava apenas beneficiando os inimigos dos palestinos em Israel. Arafat ligou hoje para o general brigadeiro Abdel Razek Majaide e pediu para que ele reassumisse o posto que deixou na semana passada a pedido do presidente. No final de semana, o líder palestino havia nomeado seu primo, o tenente Moussa Arafat para o cargo de chefe de segurança, o que gerou protestos dos palestinos que o acusam de corrupção e brutalidade. Arafat decidiu recuar para acalmar a fúria que se espalhou pelas ruas da Faixa de Gaza após o anúncio do nome de Moussa Arafat, disse Nabil Abu Rdeneh, um conselheiro senior do presidente. Os críticos disseram que a nomeação de Moussa Arafat perpetuava um sistema de corrupção e a natureza de favorecimento do líder palestino. Contudo, Moussa continua em seu cargo de oficial de segurança senior em Gaza, subordinado a Majaide, que controla a segurança geral da AP em Gaza e na Cisjordânia, disse Rdeneh.

Agencia Estado,

19 de julho de 2004 | 13h13

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.