Deportação de suposto membro da Jemaah Islamiyah é cancelada

A Indonésia cancelou hoje osplanos de repatriar um suposto membro do grupo extremista JemaahIslamiyah que está na Malásia por ter fornecido informaçõesfalsas durante o preenchimento dos documentos de viagem,revelaram autoridades indonésias. Supeno Sahid, um diplomata estacionado na Embaixada daIndonésia em Kuala Lumpur, disse que os documentos de viagem deMohammad Iqbal Rahman foram cancelados na última sexta-feiradevido a "problemas técnicos". Tais problemas provêm de "informações incorretas" fornecidaspor Iqbal à embaixada no que diz respeito à sua identidade, àdata e ao local de nascimento, disse Supeno à AssociatedPress. Iqbal é um indonésio que foi detido na Malásia há dois anos emeio. Ele ainda não foi julgado. Primeiro, ele foi preso combase em estritas leis de segurança que permitem detenções portempo indeterminado sem julgamento. Recentemente, ele foimantido na cadeia pelas autoridades malaias de imigração. Desde agosto as autoridades vinham se preparando para enviarIqbal de volta à Indonésia, onde as autoridades dizem que elenão possui ficha criminal e dificilmente será preso. A esposa de Iqbal, Fatimah Zahrah Abdul Aziz, agiu sobinstruções das autoridades de imigração da Malásia e comprou umapassagem de avião para que ele retornasse ontem para aIndonésia. Ela já havia despachado sua bagagem quando foiinformada de que a extradição fora adiada por tempo indeterminado. O primeiro-ministro da Malásia, Abdullah Ahmad Badawi,recusou-se hoje a informar o motivo pelo qual a extradição foisuspensa. "Eu não preciso me explicar sobre assuntos desegurança." Sob condição de anonimato, uma autoridade malaia disse à AP que a Indonésia pediu que Iqbal fosse mantidona cadeia por tempo indeterminado até que fossem esclarecidas as"discrepâncias" em seus documentos de viagem. Iqbal, de 46 anos, é suspeito de lutar pelo estabelecimento deum Estado islâmico conservador no sudeste da Ásia por meiosviolentos e teria laços com o suposto líder espiritual do grupoJemaah Islamiyah, Abu Bakar Bashir. Iqbal nega envolvimento comqualquer atividade extremista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.