Deposição do Taleban é "objetivo legítimo" para UE

Os líderes da União Européia consideraram "objetivo legítimo" a deposição do regime Taleban no Afeganistão, conforme previsto em documento preliminar elaborado durante debates sobre o futuro do país. Segundo eles, o documento reflete o sentimento geral de que os líderes do Taleban escondem Osama bin Laden, suspeito de ser o responsável pelos ataques de 11 de setembro aos EUA. O documento reitera pontos já destacados recentemente pelos europeus, como a necessidade de rápida e ampla ajuda humanitária e a participação das Nações Unidas na reconstrução do Afeganistão após a deposição do Taleban. O encontro entre os 15 líderes da União Européia foi precedido de sessão restrita entre os líderes da Alemanha, França e Grã-Bretanha, proposta pelo presidente francês Jacques Chirac. Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.