Deputada baleada na cabeça mexe braços, pernas e já fica de pé

A deputada democrata Gabrielle Giffords, baleada na cabeça no início do mês durante um comício no Estado do Arizona, já consegue ficar de pé. Janet Stark, porta-voz do Centro Médico Universitário de Tucson, informou que ela será transferida hoje para um centro de reabilitação em Houston.

, O Estado de S.Paulo

21 de janeiro de 2011 | 00h00

"Ela já se estabilizou e está pronta para iniciar a fase de reabilitação", disse Janet. Apesar do otimismo dos médicos, ainda não é possível saber como estão a visão e a fala de Giffords, que teve o cérebro perfurado pela bala.

"Ela já tem força para se levantar sozinha e movimentar a cabeça. Vejo melhoras a cada dia", afirmou Peter Rhee, chefe de traumatologia do centro médico de Tucson. Segundo ele, a deputada consegue mover braços e pernas, mas não se sabe com qual intensidade.

Giffords foi baleada no dia 8, durante encontro com eleitores de seu distrito, em Tucson. O atirador, Jared Lee Loughner, de 22 anos, disparou uma pistola semiautomática, matou 6 pessoas e feriu outras 13.

Na quarta-feira, a Justiça federal do Arizona o acusou formalmente por tentar matar a deputada e dois de seus assistentes. / REUTERS e AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.