Susan Walsh/AP
Susan Walsh/AP

Deputada baleada no Arizona já consegue ficar de pé

Gabrielle Giffords deve ser transferida a centro de reabilitação em Houston na sexta-feira

Associated Press

20 de janeiro de 2011 | 11h35

TUCSON - A deputada democrata Gabrielle Giffords, baleada na cabeça no início do mês durante um evento partidário em Tucson, no Arizona, já consegue ficar de pé, segundo informações passadas à imprensa pela porta-voz do hospital onde a congressista está internada.

 

Veja também:

linkAtirador do Arizona é indiciado

 

Gabrielle, que deve ser transferida a um centro de reabilitação em Houston na sexta-feira, faz "progressos evidentes" em sua recuperação, segundo a equipe médica. "Ela já se estabilizou ao ponto de estar pronta para a fase de reabilitação", disse Janet Stark, a porta-voz do Centro Médico Universitário de Tucson.

 

Apesar dos relatos médicos, ainda não é possível saber como estão as capacidades de enxergar e falar da deputada, que teve o cérebro perfurado por uma bala. Ela consegue mover os braços e pernas, mas a orça que consegue imprimir nos movimentos ainda é desconhecida.

 

Gabrielle foi baleada no dia 8 de janeiro durante um evento no qual se encontrava com eleitores do seu distrito, em Tucson. O suspeito de disparar contra ela e mais 18 pessoas está detido e foi acusado formalmente na quarta-feira pela Justiça americana. Seis dos baleados morreram.

 

Os médicos esperam que nos próximos dias a deputada democrata recupere as capacidades cognitivas, justamente o que será trabalhado em Houston. A equipe se mostrou otimista com os primeiros estágios da recuperação de Gabrielle, que foram considerados "promissores".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.