Deputada defende direito de aeromoças usarem calças

O uniforme de inverno das aeromoças chinesas deveria ter calças no lugar de saias para combater o frio, propôs uma das deputadas que participam da atual sessão da Assembléia Nacional Popular (ANP, Legislativo).Segundo publicou neste domingo a agência oficial "Xinhua", a legisladora Li Hairong enviou a proposta ao diretor da Administração de Aviação Civil, após comprovar, em vários vôos realizados neste inverno, o frio que as aeromoças sofriam por usar "pouca roupa"."As calças não afetarão a imagem das aeromoças nem a atitude delas elas com os passageiros. Para ganhar em competitividade, as companhias aéreas deveriam concentrar-se mais no serviço que na roupa da tripulação", afirmou Li, ex-vice-presidente da Federação de Mulheres de Toda a China.Em resposta, o diretor da Administração de Aviação Civil, Yang Yuanyuan, garantiu que estudará com as companhias aéreas a possibilidade de efetuar mudanças nos uniformes de inverno das aeromoças.Cerca de três mil deputados chineses viajam todos os anos a Pequim para participar da sessão da ANP, quando aproveitam para fazer vários tipos de propostas, algumas delas com uma certa extravagância.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.