Deputado alemão pede renúncia de Berlusconi da UE

O deputado oposicionista alemão Werner Hoyer pediu hoje que o primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, renuncie à presidência de turno da União Européia (EU), depois que o líder italiano desmentiu ter pedido desculpas per ter comparado quarta-feira um eurodeputado social-democrata alemão a um chefe de campo de concentração nazista. "Foi uma provocação inacreditável", afirmou Hoyer, do Partido Democrata Livre, acrescentando que Berlusconi deveria ceder o posto que assumiu no início da semana passada na UE ao ministro italiano de Relações Exteriores, Franco Fratini.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.