Deputado americano é pressionado a renunciar

O deputado democrata Gary Condit, de 53 anos, representante da Califórnia no Congresso, está sob crescente pressão de colegas para que renuncie por causa do misterioso desaparecimento da ex-estagiária Chandra Levy, de 24 anos, com quem ele mantinha um romance. Gary, que é casado, só admitiu no terceiro interrogatório do FBI ter um caso com a moça. Hoje, o deputado republicano Bob Barr defendeu abertamente a renúncia dele, para não "desonrar a Câmara dos Representantes".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.