Deputado democrata pede afastamento após escândalo

O deputado Anthony Weiner solicitou um afastamento temporário da Câmara dos Representantes enquanto busca tratamento profissional após o escândalo sobre o envio de material de conteúdo sexual para várias mulheres.

AE, Agência Estado

11 de junho de 2011 | 17h57

A porta-voz do democratas de Nova York, Risa Heller, disse, em comunicado, que "o congressista Weiner saiu esta manhã para buscar tratamento profissional com o objetivo de se tornar um marido melhor e uma pessoa mais saudável". "Por isso, ele vai pedir um breve afastamento da Câmara dos Representantes para que possa avaliar e estabelecer o curso de um tratamento que o faça se sentir melhor." O comunicado, contudo, não diz a que tipo de tratamento Weiner vai se submeter.

A decisão não deve satisfazer a líder da minoria na Câmara, Nancy Pelosi e outros congressistas que hoje pediram a renúncia de Weiner. As informações são da Associated Press e da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EUApolíticaafastamentoAnthony Weiner

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.