Deputado dos EUA escapa de atentado na capital somali

Militantes do grupo extremista somali Shebab atacaram ontem com morteiros o avião do deputado republicano dos EUA Donald Payne, quando decolava do aeroporto de Mogadíscio. Os morteiros não acertaram a aeronave e acabaram caindo numa zona residencial, matando 19 pessoas. Payne preside a Comissão de Relações Exteriores da Câmara dos Deputados e esteve em Mogadíscio para discutir projetos de cooperação entre os EUA e o governo somali no combate à pirataria. "Realizamos ataques com morteiros contra o inimigo de Alá que chegou para espalhar a democracia na Somália", disse o xeque Husein Ali Fidow.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.