Deputado inglês renuncia para votar contra projeto nuclear

Nigel Griffiths, membro do governo de Tony Blair, primeiro-ministro inglês, renunciou nesta segunda-feira em protesto a um plano multibilionário para renovar o sistema britânico de mísseis nucleares de defesa.Griffiths deixou o cargo de deputado para votar contra o governo na quarta-feira, possuindo um voto decisivo na questão que discute o uso do míssil Trident D5 até o começo da década de 2040."Estou renunciando com um coração pesado mas com uma consciência limpa", disse Griffiths em pronunciamento após enviar sua carta de renúncia a Blair.Legisladores do Partido Trabalhista devem apoiar o governo na votação de quarta-feira ou encarar medidas disciplinares.A renúncia de Griffiths deixa evidentes as dificuldades de Blair em conseguir aprovação parlamentar para seus planos em construir uma nova geração de submarinos para carregar mísseis nucleares Trident.A proposta deve custar por volta de £20 bilhões.Blair disse ao parlamento em Dezembro que as ambições do Irã e da Coréia do Norte eram prova da necessidade de um sistema de defesa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.