Deputado republicano é flagrado comprando cocaína

O deputado norte-americano Trey Radel, do Partido Republicano, pediu afastamento do cargo e se internou em uma clínica de reabilitação, após assumir que é usuário de cocaína. Ironicamente, ele defendia que os beneficiários de programas sociais do governo fossem submetidos a exames para comprovarem que não eram viciados em entorpecentes.

AE, Agência Estado

23 de novembro de 2013 | 18h04

Radel, de 37 anos, foi flagrado quando comprou 3,5 quilogramas de cocaína de um policial disfarçado no bairro Dupont Circle, em Washington, no mês passado. Ele é o primeiro parlamentar a ser acusado de porte de drogas em mais de 30 anos. "Eu espero que, como acontece em uma família, o povo do sudoeste da Flórida possa me perdoar por isso. Eu os decepcionei, mas realmente acredito na fé, perdão e redenção", disse ele em uma coletiva de imprensa esta semana.

O deputado vem de uma família católica de Cincinnati. Esta semana durante a entrevista ele comentou sobre os problemas da mãe com alcoolismo e a morte trágica dela, durante a festa de casamento do filho, engasgada com comida. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
EUAdeputadodrogas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.