Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Deputados americanos aprovam verba para o Iraque

Afirmando que os Estados Unidos não podem quebrar seus compromissos, a Câmara dos Deputados aprovou na madrugada desta sexta-feira, por 298 a 121, o pedido do presidente George W. Bush e liberou US$ 87,5 bilhões para a reconstrução do Iraque. Trata-se de uma importante vitória para o presidente, embora tenha sido bastante questionada, especialmente por líderes democratas. O Senado deverá ratificar até segunda-feira a decisão da Câmara e enviá-la, então, para a sanção do presidente Bush."O pacote de fundos é parte essencial da estratégia para a recuperação iraquiana", disse o deputado Roy Blunt, o terceiro republicano mais importante da Câmara. "Quanto mais rápido devolvermos a prosperidade à região, mais rápido traremos de volta sãos e salvos nossos filhos e filhas (os soldados)", afirmou.Já para a líder da minoria democrata na Câmara, Nancy Pelosi, que votou contra o projeto, a situação dos soldados foi causada pelo próprio governo Bush.O pacote para gastos durante o atual ano fiscal inclui quase US$ 65 bilhões para operações militares no Afeganistão e no Iraque, e US$ 18,6 bilhões para a reconstrução do Iraque, a melhora da segurança e a imposição da lei no país árabe.Os negociadores eliminaram uma emenda do Senado que previa que a metade dos fundos para a reconstrução e as forças de segurança fosse concedida como empréstimo, e não doação.

Agencia Estado,

31 de outubro de 2003 | 16h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.