Deputados do Texas voltam e são recebidos com festa

Os 51 deputados estaduais do Partido Democrata do Texas voltaram a Austin, a capital do Estado, e foram recebidos como heróis depois de permanecerem seis dias "exilados" no vizinho Estado de Oklahoma. Eles haviam "fugido" para negar quórum ao Legislativo estadual, que tinha até ontem para votar uma lei controvertida patrocinada pelo Partido Republicano. Simpatizantes e uma faixa com os dizeres "Bem-vindos, heróis do Texas" saudaram os deputados rebeldes na frente da sede da Assembléia Legislativa, quando eles desceram dos dois ônibus fretados que os trouxeram de Oklahoma. "Não importa o que aconteça, a democracia venceu", disse o deputado Jim Dunnum.O projeto de lei para o qual os democratas negaram quórum redistribuía os distritos eleitorais do Texas de modo a beneficiar o Partido Republicano, como havia admitido ontem o deputado federal texano Tom DeLay, líder da maioria (republicana) na Câmara dos Representantes dos Estados Unidos.No fim da semana passada, quando os deputados democratas "desapareceram", o governador do Texas, que é republicano, mobilizou a polícia estadual e a força de elite dos Texas Rangers na tentativa de capturá-los e levá-los de volta presos a Austin. Revelou-se mais tarde que as autoridades estaduais mobilizaram até mesmo uma unidade de busca do Departamento de Segurança Interna, o órgão federal de combate ao terrorismo, para que procurasse o avião particular de um dos deputados "desaparecidos".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.