Derrota em eleições locais ameaça premiê

A pressão para a saída do impopular premiê japonês, Taro Aso, deve se intensificar após projeções indicarem que sua coalizão foi derrotada nas eleições de ontem para a Assembleia local de Tóquio. Os resultados da votação são considerados uma prévia das eleições nacionais, marcadas para outubro. Segundo analistas, a vitória da oposição nas eleições gerais aumentaria as chances de se resolver um impasse parlamentar enquanto o Japão tenta se recuperar de sua pior recessão em 60 anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.