Desabamento de hotel no Haiti deixa 200 desaparecidos

Cerca de 200 pessoas estão desaparecidas depois do desabamento de um hotel popular na capital do Haiti em consequência do forte terremoto na cidade. A informação foi dada pelo secretário de Estado para Cooperação da França, Alain Joyandet, à rádio Europe I.

AE-DOW JONES, Agencia Estado

13 de janeiro de 2010 | 06h23

"Estou falando do Hotel Montana, onde ficam turistas e cidadãos franceses que trabalham no Haiti", afirmou Joyandet. "Sabemos que havia 300 pessoas no hotel quando ele desabou; somente cerca de 100 saíram."

Em Manila, um diplomata filipino informou que as equipes de resgate tinham retirado "vários corpos" e sobreviventes feridos da sede da missão das Nações Unidas para a manutenção da paz no Haiti. Elmer Cato, porta-voz da missão das Filipinas nas Nações Unidas, disse à TV local que a embaixada estava em contato com os funcionários da ONU para se informar sobre os trabalhos de resgate. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Haititerremotohotel

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.