Desabamento de prédio deixa 14 mortos no Egito

Equipes de resgate utilizaram hoje guindastes e retroescavadeiras para remover os escombros de um prédio de 11 andares em uma desesperada tentativa de encontrar mais sobreviventes do desabamento ocorrido na noite de ontem. Pelo menos 14 pessoas morreram. A maior parte das vítimas era composta por policiais e bombeiros que combatiam um incêndio no edifício. O prédio situado em Cidade Nasser, um bairro do Cairo, desabou na noite de segunda-feira em meio a um incêndio iniciado em uma pequena loja de ferramentas estabelecida no piso térreo. Os trabalhos de resgate estenderam-se durante toda a madrugada. Até a tarde de hoje, 14 corpos foram retirados do local. Doze pertenciam a bombeiros ou policiais. Os outros dois corpos eram de cidadãos comuns, disseram autoridades no local do resgate. As equipes de resgate acreditavam ter recuperado os corpos de todos os bombeiros e policiais mortos, mas continuavam em busca de mais civis possivelmente presos sob os escombros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.