Desabamento de prédio em Paris mata duas pessoas

Um apartamento de quatro andares de um subúrbio no nordeste de Paris desabou parcialmente após uma explosão neste domingo, matando uma criança e um idoso, afirmaram autoridades. Outras seis pessoas continuam soterradas.

Estadão Conteúdo

31 de agosto de 2014 | 15h41

O porta-voz do Departamento de Bombeiros, Gabriel Plus, disse que cerca de 10 pessoas foram resgatadas do desastre em Rosny-sous-Bois. Plus afirmou que as equipes de emergência trabalhavam duro para localizar as vítimas que, podem ainda estar vivas, usando cães farejadores na busca. "Nós podemos encontrar vítimas vivas nas próximas horas", ele disse.

O prefeito da região de Seine-Saint-Denis, Philippe Galli, afirmou que a explosão havia sido "muito provavelmente" resultado de um vazamento de gás.

O ministro do Interior, Bernard Cazeneuve, chegou na cena da acidente e prometeu seu apoio às famílias e às vítimas. Ele disse que os 22 moradores da parte do prédio que não desabou receberam alojamento alternativo, já que a estrutura toda corre o risco de cair.

Falando da cidade de La Rochelle, em um conferência do partido socialista, o primeiro-ministro, Manuel Valls, começou seu depoimento enviando uma "mensagem de solidariedade" às vítimas do desastre. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Françadesabamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.