Desabamento de prédio mata 7 na ilha de Mallorca

Um pequeno prédio de apartamentos desabou hoje em Palma, na ilha espanhola de Mallorca. Sete pessoas morreram. A prefeita de Palma, Aina Calvo, disse aos jornalistas que as vítimas - quatro homens e três mulheres - eram de três famílias que viviam no edifício. Segundo ela, os mortos são três colombianos, dois espanhóis e um casal alemão. Aina disse ainda que duas pessoas ficaram feridas.

AE-AP, Agencia Estado

26 de outubro de 2009 | 17h46

Os bombeiros encontraram os corpos após fazerem buscas em meio aos escombros do edifício de quatro andares utilizando cães treinados. As causas do desabamento, que ocorreu pouco após a meia-noite do domingo, ainda são desconhecidas. O prédio tinha cerca de 50 anos. A rádio "Cadena Ser" informou que os moradores vinham reclamando sobre rachaduras nas paredes, mas a prefeitura disse não ter recebido queixas formais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.